Postado por Bento Jr Advogados em 02/10/2017 com 0 comentários
Categorias:  Publicações

A área de Tecnologia da Informação (TI) é muito uma ampla e envolve desde processamento de dados até serviços de consultoria.

Por esta razão, as alíquotas do Simples Nacional podem variar muito, ao abrir a empresa é muito importante efetuar uma análise tributária para definir quais atividades serão exercidas, isso pode fazer a diferença entre pagar mais ou menos impostos.

Ao constituir uma empresa ou formatá-la para aderir ao Simples Nacional, o empresário deve estar atento à descrição do objeto social e aos códigos de atividades (CNAE/IBGE) correspondentes, pois eventuais ajustes podem significar uma economia fiscal expressiva.

Tributos variam muito em empresas de TI

Vamos dar exemplos de diferença nas alíquotas do SIMPLES em empresas de TI: Uma empresa de processamento de dados inicialmente paga 6% sobre o faturamento e uma empresa de consultoria começa pagando 16,93%, então estes cuidados podem gerar economia de mais de 10% sobre o faturamento mensal.

Atividades de desenvolvimento de software, que também é atividade de TI, se dividem em 3 categorias: desenvolvimento de sistemas de computador não customizáveis, customizáveis ou sob encomenda.

A atividade de Web Design foi equiparada a desenvolvimento de software e começa com 17,25% de impostos a pagar.

Com tantas variações é comum ter dúvidas sobre a melhor opção tributária, por isso é importante procurar um bom contabilista ou advogado tributarista.

Baixe o eBook: Planejamento Tributário para Empresas de Tecnologia

Análise Tributária: como pagar menos impostos em empresa de TI

Uma análise criteriosa do contrato social da empresa, do cadastro da mesma no CNPJ, e dos negócios desenvolvidos pela empresa são as atitudes que vão assegurar a empresa de TI pagar menor carga tributária, menos imposto possível.

Outro exemplo importante são as empresas de desenvolvimento de software, onde a tributação é reduzida à medida que suas despesas com folha de pagamento aumentam.

Uma contabilidade experiente apresenta a assessoria tributária aos clientes no momento da migração da empresa, quando há opção pelo Simples Nacional ou em qualquer outro momento.
Confira diferenças entre as alíquotas de IR no setor de TI:

*Gilberto Bento Júnior é advogado, contabilista e empresário, com experiência em gestão com estratégias empresariais e conhecimento em formação de preços, custos, recursos humanos, viabilização econômica e financeira. E-mail: bentojr@bentojr.hospedagemdesites.ws

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *